Falando sobre Artes Marciais

Publicado: 23/06/2011 por Ares em Dia-a-dia
Tags:

 Quando o assunto é Artes marciais logo nos vêm em mente aqueles filmes de kung-fu, aqueles golpes de mil punhos em frações de segundos, pessoas com habilidades sobre-humanas.

Não existe um berço das artes marciais. Podemos considerar uma arte marcial todo sistema de defesa/ ataque desenvolvido com fins militares. Nas eras clássicas, por exemplo, nos templos das glórias gregas, os soldados tinham que comprar suas armaduras e armas, ao contrário do que muitos pensam nem todos os soldados iam para a guerra trajando armaduras e armas, mas sim com roupas de baixa proteção e braços e pernas fortes o bastante para quebrar e tomar as armas dos inimigos. Os espartanos criaram o Pancrácio, que segundo as lendas foi uma modalidade de combate desenvolvida pelo semideus Hércules e pelo herói Teseu. Reza a lenda que os soldados que dominavam tal esporte eram capazes de partir os escudos de seus inimigos em dois! O pancrácio foi um dos primeiros esportes olímpicos, apesar da sua violência.

Quando o assunto é artes marciais não podemos nos ater somente ao corpo, mas também é preciso falar de instrumentos que por excelência tornam-se extensões do corpo de um artista marcial, como é o caso de instrumentos como: Espada, nunchaku, bastão, tonfa, shuriken, leque, e muitas outras armas capazes de dividir um braço em três ou quatro partes com alguns golpes.

As artes marciais se desenvolveram com as civilizações, em cada parte do planeta, cada cultura possui uma em especial. Com o tempo algumas artes foram se extinguindo, ainda assim existem milhares de estilos de lutas diferentes. Os soldados atuais ainda necessitam ter profundos conhecimentos sobre artes marciais, ainda que seu serviço principal seja usando equipamentos como armas de fogo, alguns motivos são:

– Condicionamento físico

– Autocontrole

– Disciplina

– Concentração

– Equilíbrio

– Autoconfiança

– Ética

Não são somente os soldados, mas os benefícios apresentados acima são apenas alguns daqueles que a prática marcial propõe aos adeptos.

“Você sabia que se perde em média 500 calorias em uma aula de Kickboxing e 300 calorias numa aula de Taekwondo?”.

Hoje em dia a busca pelas artes marciais já não possuem mais a conotação exatamente militar. Em um estado livre, é quase tão comum ver as mulheres no tatame quanto os homens! Mas, além disto, o objetivo também mudou, a arte que antes era usada na guerra agora é usada justamente para o oposto, para a paz! A prática de artes marciais pode reduzir o estresse do dia-a-dia, a prática moderada e com acompanhamento de profissionais produz muitos benefícios para a saúde, como o fortalecimento do sistema imunológico, fortalecimento de músculos, e muitos outros prós.

Se você pensa “Legal, isso é tudo muito bom, mas eu não tenho dinheiro para pagar por uma academia!” – Seus problemas acabaram! Para aqueles que moram em grandes centros é muito comum que em parques hajam alguns projetos que visam trazer pessoas de todas as idades para a prática de esportes. Aqui em são Paulo temos: Ibirapuera, Parque da Juventude – Carandiru e o Parque do “Trote” – Vila Maria, possuem modalidades como: Kung-fu, Taekwondo, Kickboxing, Karatê Shotokan, Capoeira e Muay-thai, totalmente gratuitos! E, segundo alguns contatos existem muitos outros lugares com aulas gratuitas ou praticamente gratuitas, onde o aluno paga valores quase que simbólicos.

“Você sabia que no Japão um praticante de Kendo possui mais chances de conseguir uma vaga de emprego que uma pessoa que não pratica esporte?”

Além de todas as boas razões citadas acima (E poderíamos ficar citando razões por horas) A prática de artes marciais é um ótimo evento social, uma vez que com o advento da internet é cada vez mais raro o contato real com outras pessoas [Modo Nerd (On) rs, rs] Ou seja, fazer boas amizades, ter contatos novos. E o último e um dos principais motivos na minha visão – Autodefesa. Claro, ninguém se torna um Jet Lee treinando alguns meses, tão pouco é aconselhável à reação no caso de um assalto ou situações de risco, porém, há momentos em que a autodefesa se revela o melhor meio da própria preservação.

Espero que este texto tenha servido para mostrar que artes marciais estão além daquela velha lenda dos guerreiros que nascem para matar e destruir, mas sim é um meio divertido de preservar uma saúde plena em meio a correria do dia-a-dia.

Escrito por,

Ares.

Anúncios
comentários
  1. carlos disse:

    muito legal o blog sobre artes marciais =D

  2. Carol disse:

    Nossa, curti o post (Y)

  3. gleysom disse:

    eu toou fazendo uma pesquisa sobre arte marciass que a minha professora mandooo pesquisaaa mass nao gosto disso enclusive nao sei nem oqu e isso??????????????

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s