Arquivo por Autor

Alimentação x Competição

Publicado: 08/11/2011 por Núbia Salvador em Interessante...

    Em primeiro lugar deve-se ressaltar que esportistas são diferentes de atletas, já que esportistas são pessoas fisicamente ativas, e já os atletas são profissionais, portanto no caso do atleta a alimentação deve ser diferenciada, de acordo com a atividade exercida e o impacto da mesma, falaremos da alimentação para esportistas.

A alimentação deve conter em grande parte alimentos que fornecem mais energia, os carboidratos (pão, macarrão, arroz, batata) já que os mesmos são fontes de glicose o principal combustível para o corpo. Os carboidratos são a base da pirâmide alimentar, portanto ocupam cerca de 60 a 65% da caloria total, quando não está em época de competição, deve-se preferir os integrais, que também possuem fibras e retardam a absorção da glicose, e são importantes para a manutenção do organismo.

De 2 a 3 horas antes das competições é importante fazer uma refeição com alimentos ricos em carboidratos, ou, um pequeno lanche 1 hora antes, já que a glicose é armazenada em nosso corpo sob a forma de glicogênio muscular e hepático, e os estoques musculares e hepáticos de glicose são limitados e por isso é importante atentar para o consumo de carboidratos quando se pratica um esporte.

Em caso de competições de longa duração, e grande impacto é interessante fazer uso de bebidas tipo gatorade para se manter hidratado e repor eletrólitos.

Após os exercícios também deve-se consumir carboidratos para repor os estoques de glicogênio, beneficiando a recuperação e a preparação dos músculos para as próximas atividades.